Acesse nossas redes

Visita presidencial

Presidente Bolsonaro é recebido com festa em Mossoró e entrega casas populares

gazetaadm

Publicado

em

Foto: Alan Santos / Presidência da República/Divulgação

Por Gilberto de Sousa

Ao desembarcar na manha de hoje,21,no aeroporto Dix-sept Rosado em Mossoró, o presidente Jair Bolsonaro foi recebido com festa pelos mossoroenses e integrantes de caravanas que vieram a cidade de vários municípios do Rio Grande do Norte.

Como vem se apresentando em público por onde passa, também em Mossoró o presidente ignorou o uso de máscaras de acordo com as normas orientadas pela Organização Mundial de Saúde, em razão da pandemia do coronavírus. Mesmo assim, muita gente que foi cumprimentá-lo fazia uso de máscara. Logo que desembarcou em Mossoró, sob um sol escaldante, Bolsonaro seguiu em carro aberto, cumprimentando o povo.

O presidente estava acompanhado dos ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; das Comunicações, Fábio Faria; e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina e está foi a terceira visita ao Nordeste no último mês.

Verdadeiramente ovacionado em Mossoró, o presidente Bolsonaro cumpriu agenda na cidade, tendo como principal compromisso, a entrega de 300 unidades habitacionais no residencial Aluizio Alves, um investimento de R$ 18,3 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Um dos pontos do seu discurso nesta oportunidade, foi confirmar o nome da professora Ludmilla Carvalho como reitora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). Essa nomeação já era esperada, embora a professora tenha sido a última na lista de consulta à comunidade acadêmica para escola do futuro reitor.

Durante seu discurso, Bolsonaro destacou que o seu governo está realizando sonhos no Nordeste. “É nossa orientação atender a quem mais precisa. Brasil acima de tudo e Rio Grande do Norte acima de todos.”, disse o presidente.

O Ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho, reforçou: “O Ministério do Desenvolvimento Regional vem entregando, em média, mais de 3 mil unidades habitacionais por mês para famílias que recebem menos de R$ 1,8 mil. Essa é uma demonstração do empenho do Governo Federal para atender a quem mais precisa, como nos tem orientado o presidente Bolsonaro. São sonhos realizados e são vidas transformadas”, ressaltou.

Através da assessoria de comunicação, a secretária de infraestrutura Kátia Pinto, destacou:“A Prefeitura de Mossoró vem trabalhando exatamente com as trezentas famílias aqui do Residencial Ministro Aluízio Alves (Residencial Mossoró 1) há basicamente dois anos. Em dezembro de 2018 a Prefeitura fez a pré-seleção dessas famílias. Automaticamente nós precisamos fazer um dossiê das famílias, enviamos à Caixa Econômica Federal e ela fez a análise individual dos pré-requisitos necessários. Logo depois nós viabilizamos a vistoria desses apartamentos, em cada espaço, para verificar se estavam aptos à moradia. Depois, com a Caixa Econômica Federal e Ministério do Desenvolvimento Regional, fizemos a assinatura dos contratos e hoje estamos nessa solenidade com o presidente da República entregando simbolicamente oito apartamentos.”

Na segunda-feira (24) a Prefeitura de Mossoró vai entregar os 292 apartamentos restantes. As famílias que ainda não assinaram os contratos devem comparecer ao residencial segunda-feira para assinar o contrato e receber a chave do seu apartamento. Até sexta-feira da próxima semana deverá ocorrer a entrega dos imóveis.

Em Ipanguassu, onde chegou ao meio dia, Bolsonaro esteve na Zona Rural, onde na comunidade de Angélica, entregou de forma simbólica, sistemas dessalinizadores do Programa Água Doce, além do anúncio de ampliação de crédito para a carcinicultura.

Na oportunidade, fez entrega de Títulos de Domínio para 1.060 famílias de agricultores assentados de 13 municípios, contratos de crédito para famílias beneficiárias da reforma agrária e a autorização do início de obras para a construção de uma adutora e um reservatório e a recuperação de estradas vicinais.

Publicidade
Publicidade

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste