Acesse nossas redes

Circulando em off

Politizar a pandemia é falta de humanidade

gazetaadm

Publicado

em

É condenável a politização da pandemia que segue com a chegada da vacina. Não conseguimos ver um pouco de bom senso nessa briga intestina da direita entre o presidente Bolsonaro e o governador paulista Doria. Mera briga pelo poder, enquanto a esquerda assiste impassível, tonta e perdida.

Ora, para a classe política, não há como se desvincular da luz que alumia 2022. Mas o momento é de trégua, é de união de forças e da soma de esforços para salvar vidas.

O nosso país já foi muito machucado pelo desprezo do chefe de Estado diante de uma preocupação mundial. Tentar tirar proveito político de um momento crucial como este é falta de humanidade.

Que se trave as lutas de bastidores e até que se dêem visibilidade. Porém, no campo democrático, com a troca das suas farpas e das manobras cabíveis. Mas deixem a pandemia e o sofrimento do nosso povo fora disso. Ao contrário, ajudem a salvar as vidas que ainda podem ser salvas.

Assumam a condição a que se propuseram. Retribuam a confiança depositada pelo povo.

FEMURN
A nova diretora da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte(Femurn) praticamente isolou as regiões Oeste, Médio e Alto Oeste. A composição da chapa única com 16 funções figura apenas o prefeito de Marcelino Vieira, Kerles Jácome na quinta vice-presidência, a prefeita de Almino Afonso Jéssica Amorim, na segunda secretaria e a prefeita de Messias Targino Shirley Targino no Conselho Fiscal da entidade. Houve desinteresse ou falta de prestígio de alguns gestores.

EM TEMPO
A Femurn já foi uma entidade muito forte no passado. Bem trabalhada e gerida na luz do que representa pode sim ser um grande instrumento de suporte aos municípios do Rio Grande do Norte. O presidente eleito na chapa consensual nas eleições do último dia 15 foi o prefeito de São Tomé, Anteomar Pereira, o Babá.

FECAM
Já em relação a Federação das Câmaras Municipais do RN, Fecam, o presidente da Câmara Municipal de Mossoró Lawrence Amorim tem sido visto no campo das articulações. A Fecam por sua vez já nasceu forte pelas mãos do ministro Rogério Marinho, então presidente da Câmara Municipal de Natal. Em um trabalho muito bem articulado, deu visibilidade a vereança e ainda se elegeu deputado federal. Depois disso desidratou.

Ministro Rogério Marinho criou e fortaleceu a FECAM

VACINA NO RN
Numa atitude republicana, deixando de lado as cores partidárias e a questão ideológica, a governadora Fátima Bezerra foi à luta e trouxe praticamente na “cacunda” a vacina para o povo potiguar. Ganhou ponto sim com a forma de atuação.

CERVEJA EM ALTA
Eitcha! Leio na página de economia do Estado de Minas que o aumento no preço dos insumos, a escassez de embalagens e o custo da energia devem deixar a cerveja mais cara neste ano, segundo estimativas de produtores e de entidades do setor. O impulso da moeda norte-americana afeta diretamente o custo dos commodities, como o milho, a cevada, as leveduras e o alumínio, que são base da cadeia de produção da bebida.

REPOSIÇÃO
Mesmo que a inflação da bebida em 2020 tenha sido de 1,94%, segundo o IBGE, o mercado deve reposicionar os preços neste primeiro semestre, e o aumento ao consumidor final deve ficar entre 10% e 15%, seguindo a tendência de aumento dos alimentos. O pior é que água enferruja, como diria o saudoso comunicador Caby Costa Lima.

NO PÁRA CHOQUE
Em baile de cobra sapo não dança.

DEPUTADO
O empresário Lênio Maia(DEM) é pré-candidato a deputado estadual. Tem atuação no Oeste e já consulta amigos e aliados. Apesar da forte ligação com o senador José Agripino, não sabe se permanecerá até lá no DEM. Pelo menos convite para ingressar em outras siglas é o que não falta. É aguardar.

Lênio Maia é nome para a disputa na AL em 2022

RECLAMAÇÃO
Usuários da Cosern que precisam resolver algum problema no escritório em Mossoró reclamam do calor na fila de espera fora do local de atendimento. O pior é que dentro é amplo e com ar condicionado. O ideal será um esquema que promova o distanciamento, mas que não deixe o povo no sol. É osso.

VIDA NOTURNA PULSA
Mesmo com a necessidade de se manter os protocolos de prevenção ao corona vírus, a noite mossoroense pulsa. Bares e restaurantes se reinventam para segurar a barra a aguardar o novo normal. Elogiável o esforço desses guerreiros da noite.

A QUEM INTERESSAR POSSA
Pé que dá fruto é o que mais leva pedrada.

EM ALTA
Saudar a coleguinha da Rádio Difusora e da Super TV, Solange Santos, que venceu a Covid-19 e retorna incólume ao nosso convívio. Deus é mais.

GOVERNO E SENADO
Há nomes para todos os gostos vislumbrado disputar o governo do RN e a vaga que será aberta para o Senado. As articulações fervem nos bastidores. A propósito, a eleição para a Mesa diretora da Câmara dos Deputados dirá algo nesse sentido. É aguardar.

RELAX – “Mas é claro que o sol/Vai voltar amanhã/Mais uma vez, eu sei/Escuridão já vi pior/De endoidecer gente sã/Espera que o sol já vem…” RENATO RUSSO

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste