Acesse nossas redes

Medicina e política

Pandemia reforça candidaturas de médicos e de outros profissionais de saúde na campanha política deste ano no Oeste

Municípios de pequeno e de grande porte contarão com a presença desses profissionais em chapas majoritárias

gazetaadm

Publicado

em

Fotos: Reprodução

Por Gilberto de Sousa

A pandemia do novo coronavírus, além de expor as vísceras de um sistema de saúde caótico no país, também realçou a importância e a garra de profissionais de saúde de uma forma geral, no propósito de cuidar e de salvar vidas. O fato é que esses profissionais, por serem natos acolhedores diante da própria vocação, tornam-se também agentes políticos importantes, até porque vivenciam momentos angustiantes, principalmente advindos das camadas populacionais menos favorecidas e guardam a ânsia e o desejo de participarem mais ativamente de uma ação que permita a melhor qualidade de vida desse povo.

Daí, a inclinação e a convocação para ampliar essa representatividade através da gestão dos recursos públicos que a cada dia exige melhor aplicação, notadamente na saúde, diante dos problemas cruciais.

Não é de hoje que o médico e demais profissionais de saúde têm se inserido no contexto político e aceitado a disputa por cargos públicos. No entanto, com a pandemia devastadora do novo coronavírus, a presença desses profissionais na política ganhou reforço, emergiu em um cenário político mais visível.

No Oeste do Rio Grande do Norte e nas regiões adjacentes, por exemplo, a sucessão nos municípios está recheada da presença de médicos e de outros profissionais da área de saúde, seja no processo de tentativa de reeleição, retorno ou pela convocação natural da busca por mudanças. A verdade é que os profissionais de saúde estão em voga.

A médica pediatra Rosalba Ciarlini(PP) em Mossoró, vai concorrer à reeleição depois de já ter sido prefeita da cidade em outras oportunidades também no passado. Até aqui, de acordo com as sondagens populares realizadas, se apresenta como favorita e corre nos bastidores uma articulação imensurável entre nomes que tentam compor como candidatos a vice-prefeito.

Dr. Daniel Sampaio é presidente estadual do PSL e pré-candidato a prefeito de Mossoró


Mas este ano em Mossoró, outro médico, o psiquiatra Daniel Sampaio, que é presidente regional do PSL, também se apresenta como pré-candidato. Dr. Daniel chega com propostas com visão moderna, enxugamento da máquina pública, atenção especial a saúde a partir da sua experiência e vivencia em áreas periféricas, e expansão do setor produtivo com foco na área agrícola.

Já no município de Governador Dix-sept Rosado, o médico Artur Vale(DEM), é pré-candidato a prefeito. Ele vem de um grupo que tem na sua essência a política e a medicina. Seu pai, o médico Adail Vale já governou o município, assim como o seu irmão, Anax Vale, também já foi prefeito em Governador Dix-sept Rosado.

Artur Vale(centro) com os médicos Anax(irmão) e Adail Vale(pai)

Artur Vale tem feito muito contato e sua maior atuação é justamente na zona rural, devido o grande contingente populacional distribuído em várias comunidades. Se eleito, passará a ser o terceiro médico da tradicional família a gerir o município.

Em Umarizal, o médico Adalberto Amorim(DEM), vem se viabilizando como pré-candidato e abrindo diálogo com várias alas da política local, inclusive com o ex-prefeito Rogério Fonseca. Para os observadores da cena política local, seu nome é bem aceito e a baixa rejeição vem ganhando simpatia inclusive de setores adversários.

Médico Adalberto Amorim é pré-candidato a prefeito de Umarizal anunciando mudanças

Adalberto caminha para ser candidato numa coligação que poderá contar com os partidos Solidariedade e Republicano.

No município de Felipe Guerra, quem tentará pela segunda vez chegar a Prefeitura é o médico Victor Costa(PSDB). Ele é filho do ex-prefeito Hulgo Costa e deverá sair candidato através de uma chapa puro sangue. Victor é o pré-candidato na oposição.

Apodi também pode contar com profissional de saúde em chapa majoritária

Em Apodi, a chapa que será encabeçada pelo atual prefeito Alan Silveira(MDB) caminha para ter um nome da área de saúde. Há, no entanto, uma disputa acirrada entre alguns nomes que se cogitam, depois da confirmação de que a vice-prefeita Hortência Regalado não será mais a companheira de chapa de Alan.

Médica Jonsuellya Gurgel teve trabalho elogiado durante pandemia

Nesse sentido, estão no campo das especulações, os nomes da médica Jonsuellya Gurgel, do dentista Heitor Smith e do bioquímico Ivanildo Lima, todos filiados ao PSDB. Ainda para compor com Alan, nos últimos dias tem se afirmado o empresário Neilton Diógenes(PL), que por sua vez, também é bacharel em enfermagem, portanto, todos da área de saúde.

Medico André Júnior quer derrotar grupo dominante em Itaú

O médico André Júnior(PP) será o nome da oposição no município de Itaú. Ele ingressou na seara política em 2016, quando disputou as eleições na condição de candidato a vice-prefeito, na chapa do ex-prefeito Edson Melo, o Baíba.

Agora fortalecido e articulado com novas alianças, André Júnior espera consolidar seu projeto de governar o município.

Dois médicos devem se enfrentar na corrida sucessória de Almino Afonso


No município de Almino Afonso, dois médicos devem compor o elenco de candidatos a prefeito por grupos de oposição, que prometem protagonizar um jogo acirrado.

Deputado estadual e médico Bernardo Amorim lança a filha também médica, Jéssica Amorim

Após romper com seu irmão, o prefeito Waldênio Amorim, que deverá partir para tentar a reeleição, o deputado estadual, médico Bernardo Amorim(MDB), trabalha a pré-candidatura da sua filha, a médica Jéssica Amorim. Mas esse bloco passou por outra divisão, depois que o vereador Júnior Mourão, muito querido na cidade, foi preterido para ser o companheiro de chapa de Jéssica.

Dr. Netinho, médico que quer acabar com a hegemonia dos Abeis em Almino Afonso

Muito bem articulado, Júnior de Mourão, estimulou a pré-candidatura do médico Dr. Netinho(Republicano), que é natural de Almino Afonso e vinha prestando serviço em Martins. Mourão fez renascer o desejo do médico Netinho de ser candidato competitivo em sua cidade, vislumbrando derrotar os “Abeis”, como é conhecido o grupo então liderado por Bernardo Amorim.

Há quem aposte que a divisão do grupo situacionista e a fuga de outras lideranças que acompanham o vereador Mourão, poderão beneficiar o médico Netinho na corrida sucessória.

Também em Pau dos Ferros, dois médicos figuram na linha de sucessão


O médico Nilton Figueiredo, ex-prefeito de Pau dos Ferros(PL) lançou recentemente sua pré-candidatura a prefeito. Ele luta para retomar o poder das mãos do grupo do também médico, deputado estadual Getúlio Rego(DEM), que segue com o filho, administrador Leonardo Rego, na busca da reeleição.

Cardiologista Salismar Correia é pré-candidato na sigla Solidariedade

Mas em Pau dos Ferros, outro médico se apresenta como pré-candidato a prefeito: O cardiologista Salismar Correia é o pré-candidato a prefeito na sigla Solidariedade e vem conversando com alas distintas da política da cidade do Alto Oeste.

Embora a atual gestão do prefeito Leonardo Rego tenha seus desgastes, a visão dos observadores políticos é de que se a oposição marchar dividida, a situação estará favorável a Leonardo. É dentro desse prisma que os setores oposicionistas estão tentando costurar uma ampla frente de enfrentamento ao atual gestor.

Diante disso, os médicos Nilton Figueiredo e Salismar Correia acentuam as conversas e podem caminhar juntos a depender de pesquisas internas que estão sendo contratadas.

Enfermeira e médico caminham para formar chapa em Areia Branca

Favorita na corrida sucessória em Areia Branca, na região da Costa Branca, a enfermeira Iraneide Rebouças(PSDB), atual prefeita, tende a se fortalecer ainda mais caso formate a chapa com o ex-prefeito antes adversário, médico Bruno Filho(MDB).

Prefeita Iraneide Rebouças, enfermeira, pode ter o médico e ex-prefeito José Bruno como vice

Para muitos areia-branquenses, seria a chapa dos sonhos. Com a articulação do ex-prefeito também médico José Alfredo, esposo de Iraneide, a tendência é de que essa chapa se consolide, enfraquecendo cada vez mais a oposição.

Já em Macau, o servidor da saúde durante muitos anos, Raimundo Nonato da Silva, “Raimundo da Casa de Saúde”, vereador por quatro mandatos, tentará agora ser prefeito aos 68 anos. Ele deverá ser o nome do Republicano na corrida sucessória em Macau.

Em Assu, campanha nas redes sociais tenta convencer médico a desistir de desistir

Depois que o prefeito de Assu, médico Gustavo Soares(PL) anunciou a desistência de se candidatar a reeleição, amigos e apoiadores iniciaram uma campanha nas redes sociais para demovê-lo da decisão.

Prefeito de Assu, médico Gustavo Soares optou pela Medicina, mas vem sendo convocado

No final do mês passado, ele reuniu um grupo de aliados e comunicou que não mais iria ser candidato, pois iria priorizar a sua missão de ser médico, já que não estava conseguindo conciliar as duas atividades. Ele chegou a frisar sua condição de gestor e não de político profissional.

Justificou ainda, que por conta da sua dedicação à administração e a medicina, esqueceu de fazer política.

Publicidade
Publicidade

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste