Acesse nossas redes

Colunas

Pacto federativo: Walter defende mais…

gazetaadm

Publicado

em

FRASE do dia:

“Eu confio na democracia, eu acredito nas instituições e, por isso, eu cumpro meu papel tentando dar estabilidade a um país que de 200 milhões de brasileiros que aguardam as nossas respostas para emprego, mais saúde, mais educação”, DAVI ALCOLUMBRE Presidente do Senado Federal, declaração do vereador licenciado Carlos Bolsonaro, falando que o Brasil não se transformará pelas ‘vias democráticas’.

Pacto federativo: Walter defende mais…

Garantir mais recursos para os Estados e Municípios brasileiros. Esse é o principal objetivo do Projeto de Lei Complementar (PLC 209/2019) apresentado recentemente pelo deputado federal Walter Alves (MDB-RN). O projeto altera a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e prevê que renúncias de receita compensatórias sejam feitas apenas com recursos da União.

…recursos para Estados e Municípios

Para justificar a apresentação do PLC, Walter explica que a União faz uso do expediente que a sabedoria popular identifica como “favor com o chapéu alheio”. Para alcançar seus objetivos imediatos, o governo federal resolve estabelecer benefícios tributários, usando os recursos que compartilha com Estados e Municípios, por determinação legal, e sem qualquer tipo de negociação com os demais entes envolvidos.

Isolda se credência internamente no PT

A deputada estadual Isolda Dantas recebeu 76% dos votos e renovou o mandato de presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de Mossoró. As eleições foram realizadas no último domingo (8), na sede do movimento “Lula Livre”, na Avenida Rio Branco.  A vitória de Isolda confirmou a sua liderança dentro do Diretório Municipal, e reafirmou o seu nome para disputar a Prefeitura de Mossoró nas eleições do próximo ano.

Mulheres no poder no PT-RN

O partido dos trabalhadores é presidido nacionalmente por uma mulher, a deputada Gleisi Hoffmann. No RN outras mulheres foram eleitas para comandar os diretórios do PT no maiores colégios eleitorais do Rio Grande do Norte. Vereadora Divaneide Basília – Natal, Socióloga Josiane Bezerra – Parnamirim, Judith Paiva – São Gonçalo do Amarante. Sem falar da Governadora do estado a PTista Fatima Bezerra.

Beto ajuda a saúde de Mossoró

O deputado federal Beto Rosado (PP) devolve com ações o que os eleitores de Mossoró lhe deram em voto. Todas as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município receberam equipamentos que vão ajudar a melhorar os cuidados médicos ofertados aos pacientes. Os equipamentos foram adquiridos através de emendas parlamentares de Beto. Os recursos das emendas ultrapassam o montante de R$ 1 milhão, sendo em média R$ 530 mil para os equipamentos das UPAs e algumas UBSs, R$ 330 mil na aquisição de duas ambulâncias do SAMU (que devem chegar em breve) e R$ 220 mil na compra de um carro novo dos pacientes do PRAEM que a Secretaria de Saúde já recebeu.

Mossoró ganha superintendência da CAIXA

Mossoró foi contemplada com uma das oito superintendências executivas de varejo que a Caixa Econômica Federal (CEF) implantará em todo o País. A escolha justifica a importância econômica da segunda maior cidade do RN. Serão 8 novas superintendências, que serão voltadas para a rede de atendimento e investimentos, dentro do redimensionamento que a Caixa dará à sua estrutura.

Claudia tem contas aprovadas

O plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) pela aprovação, com ressalvas, das contas da Prefeitura de Mossoró de 2013, na sessão desta terça-feira (10), por unanimidade. O balanço financeiro corresponde ao período de mandato da ex-prefeita Cláudia Regina (DEM).

Witzel não vai ao dele 

O pedreiro José Pio Júnior, morto por tiro de fuzil numa laje na Vila Kennedy enquanto trabalhava, é de uma rocinha chamada Cachoeira Alegre, distrito de Barão do Monte (MG). O governador Witzel, do Rio, que participa de velórios de PM, não vai ao dele. 

Lista tríplice

Inconformados com a indicação de Augusto Aras para o comando da Procuradoria-Geral de República, cujo nome não constava na lista tríplice da categoria enviada ao Palácio do Planalto, procuradores pressionam senadores para tentar desengavetar a PEC 47/2013, que torna obrigatória a escolha de um nome da lista para o cargo de PGR. De autoria do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), a PEC tramitou por cinco anos e foi arquivada em 2018. Além de inserir a obrigatoriedade de escolha PGR entre os indicados do Ministério Público Federal, o texto estabelece mandato de 4 anos e proíbe a recondução. 

Radar ligado

Não vai nada bem a relação do presidente Jair Bolsonaro com os governadores do PSB na Paraíba e Pernambuco, a quem acusa de só falarem mal dele.

Mão de mil

O ex-senador Mão Santa, prefeito da bela Parnaíba (PI), filiou-se ao DEM, levou ficha de mais mil militantes, e ganhou a simpatia de ACM Neto, que o prestigiou na cidade. 

Acabou…

Segue o inferno astral do deputado Luis Miranda (DEM-DF). O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, negou-lhe liminar para liberar o passaporte que a Justiça do DF mandou recolher. Seu partido cobra explicações sobre denúncias de abuso de poder na campanha e possível venda de votos (há ações no TRE). Além da fila jurídica de credores brasileiros na Flórida, segundo denúncia no Fantástico, da TV Globo.

…a vida boa

Correligionários do DEM aguardam explicações “convincentes”, mas avaliam que “dificilmente” o deputado escapará de processo disciplinar que pode terminar em expulsão da legenda. Miranda chegou a ser cotado para presidir o partido no DF, mas perdeu força após desgastes internos com o atual presidente regional, Alberto Fraga. 

Para piorar...

O deputado não compareceu ontem na Sessão Solene em homenagem aos Administradores, que ele próprio convocou, e deixou dezenas a ver cadeiras vazias.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste