Acesse nossas redes

Cidades

Governo leva água potável para municípios do RN afetados pela seca

Somente este ano, já foram distribuídos 4 milhões de litros de água potável para as cidades de São Miguel, Paraná e Luís Gomes

gazetaadm

Publicado

em

Fotos: Reprodução

O Governo do RN dá continuidade à Operação Vertente, que leva água potável para os municípios de São Miguel, Luís Gomes e Paraná (localizadas no Alto Oeste Potiguar). Esses municípios estão desde 2020 em situação de emergência decorrente da escassez de chuvas. Somente este ano, foram distribuídos 3.918.832 litros de água potável para as três cidades. Através da Operação, iniciada em agosto do ano passado, o executivo estadual investiu R$ 389.168,67 levando água de boa qualidade para mais de 50 mil potiguares.

A situação de emergência nas três localidades foi novamente declarada na última segunda-feira (8), através do Decreto Nº 30.390 que, entre outros aspectos, destaca o início do período de estiagem no Rio Grande do Norte no segundo semestre de 2020, agravado nos meses de janeiro e fevereiro deste ano.

A chuvas também tem causado significativa redução das reservas hídricas de outras cidades do Rio Grande do Norte e comprometido o volume de importantes reservatórios para a segurança hídrica do Estado.

Segundo o coordenador da Operação Vertente e coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil do RN, Tenente-Coronel BM Marcos de Carvalho, “desde o início do processo – em agosto de 2020 – já foram credenciados e contratados 40 caminhões e já foram entregues quase 26 milhões (25.750.960) de litros de água potável à população afetada pela seca naquelas cidades.”

A falta de chuvas também afetou outras cidades do Rio Grande do Norte e deixou os índices pluviométricos registrados muito abaixo do esperado. É o caso do açude Público de Pau dos Ferros, localizado no Alto-Oeste, do açude Itans (Caicó), na região do Seridó, e dos açudes Inharé e Trairi, na Região do Trairi.

Hoje, o estado apresenta com 57% dos municípios já em situação de “seca moderada” e 43% com classificação de “seca fraca”.

Ainda segundo o coordenador da Defesa Civil do Estado, atuam na Operação Vertente 13 agentes da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil e 12 Agentes das Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil, transportam a água de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste