Acesse nossas redes

Colunas

Crise na FIERN

gazetaadm

Publicado

em

FRASE do dia:

“Goste eu ou não, esta é a escolha político-civilizatória manifestada pelo poder constituinte. Não reconhecê-la importa reescrever a Constituição para que ela espelhe o que gostaríamos que dissesse.” – Ministra ROSA WEBER, ao votar contra a prisão em 2ª instância.

Crise na FIERN

Se torna mais grave a crise na Fiern, depois de o presidente Amaro Sales ter tentado permanecer no mandato, sem eleição. Amaro é acusado por parte dos federados de uma tentativa de “golpe”. E a federação caminha para ser conduzida por uma junta de empresários, até convocar novas eleições.

Governo do RN não sabe se paga o 13º

O Governo do Estado ainda não sabe se paga o 13º salário de 2019 até o dia 20 de dezembro, como determina a lei, e também não sabe como vai cumprir o calendário final do ano. De 1º de novembro a 31 de dezembro, o Governo precisará de quase R$ 1,5 bilhão para honrar as três folhas.

Folhas atrasadas sem previsão

Quanto às três folhas atrasadas (novembro, dezembro e o 13º de 2018), dificilmente a governadora Fátima Bezerra (PT) honrará o compromisso com o servidor público. Não terá recursos para isso. É praticamente certo que as três de 2018 serão jogadas para 2020.

13º salário Natal e Mossoró

Já na capital, o prefeito Álvaro Dias (MDB) garante que pagará o 13º salário até o dia 20 de dezembro. Em Mossoró, a Prefeitura não terá dificuldades com o 13º salário, já que o benefício é pago no mês de aniversário do servidor público.

De bobo Mineiro não tem nada

O secretário estadual de Gestão de Projetos e Relações Institucionais, Fernando Mineiro defendeu ontem, em entrevista à 96 FM, que a deputada federal Natália Bonavides seja a candidata do PT à Prefeitura do Natal nas eleições do ano que vem. De bobo Mineiro não tem nada. Primeiro suplente de Natália, é ele quem assume o mandato de deputado federal caso ela seja eleita prefeita e renuncie em Brasília.

Jaime Calado na defesa do Proedi

Quem também saiu em defesa do Proedi e da Governadora Fátima Bezerra (PT) foi o secretário do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado. Em entrevista ao Jornalista Marcos Dantas , na rádio 95 de Caicó, Jaime disse que “prefeito inteligente hoje está é com o Proedi debaixo do braço, incentivando indústrias a investirem mais no RN”.

Styvenson na tribuna do Senado

O senador Potiguar Capitão Styvenson Valentim (Podemos) subia a tribuna, do Senado, para comentar o depoimento inédito de Marcos Valério que aponta o ex-presidente Lula como suposto mandante da morte do prefeito Celso Daniel. “Precisamos saber se, além de corrupto, é assassino também. É perigoso para o país”, disse o Capitão, no plenário da Casa.

Esquerda hermana

O presidente Jair Bolsonaro emitiu sinais diplomáticos de que não vai à posse de Alberto Fernández como presidente da Argentina. O candidato da esquerda, que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice, venceu Mauricio Macri e enterrou, por ora, a direita hermana. O Itamaraty vai confirmar o representante da embaixada local.

Visita pesou

Fernández, aliás, é amigo do ex-presidente condenado Lula da Silva, e chegou a visitá-lo na sala-cela da Polícia Federal em Curitiba após a detenção. O que contribuiu para a ojeriza de Bolsonaro

PF insatisfeita com Moro

Insatisfeitos com a gestão do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, delegados da Polícia Federal pedem providências ao diretor-geral da corporação, Maurício Valeixo, para que demandas “há muito paralisadas” sejam retomadas efetivamente. Em ofício encaminhado ao DG, os delegados dizem que a PF está relegada a segundo plano nas principais políticas anunciadas até aqui. Eles citam a escassez de efetivo, “defasado em mais de 4.500 servidores”, o que acarreta sobrecarga de trabalho.

Reforma

A reforma administrativa, que será encaminha pelo governo ao Congresso nos próximos dias por meio de Proposta de Emenda à Constituição, não irá prever demissão de servidores públicos.

Resultados

A informação foi confirmada pelo secretário de Gestão do Ministério da Economia, Wagner Lenhart, em encontro com dirigentes de entidades de servidores. O governo, disse o secretário, reconhece que o serviço público tem quadros de excelência, porém algumas áreas “não estão conseguindo entregar resultados que a população espera”.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste