Acesse nossas redes

Apicultura

Biólogo desenvolve ‘bife’ para abelhas enfrentarem seca no Rio Grande do Norte

Ração barata tem evitado abandono dos insetos em colmeias da região. Saiba como fazer.

gazetaadm

Publicado

em

Uma ração para abelhas desenvolvida no Rio Grande do Norte está garantindo a sobrevivência de enxames na região até mesmo no período de seca, quando normalmente os insetos abandonam as colmeias. O produto, conhecido como “bife”, é barato e fácil de preparar.

E não foi só pelo formato que a ração ganhou esse apelido: o interesse do enxame sugere que, para as abelhas, ele possa ser o equivalente a um filé mignon.

O criador Euzir de Queiroz testou o produto e aprovou. Com o enxame garantido, ele produziu mais no período de chuvas por conta da alimentação garantida na estiagem.

O biólogo Antônio Abreu, professor do Instituto federal de Pau dos Ferros, explica que ele simulou em estufas a vida dos enxames para evitar a fuga dos insetos durante o período sem chuva, o que gera um prejuízo para os produtores locais.

“Muitas vezes o apicultor não consegue fazer uma ração porque ou ele não encontra os ingredientes ou eles são muito caros”, explica Abreu.

O professor testou diversos materiais, e a ração que garantiu melhor resultado foi a mistura de extrato de soja e albumina.

G1-RN

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste