Acesse nossas redes

Projeto Cuidar

Acadêmicos de Medicina se engajam em trabalho voluntário ligado à saúde em Felipe Guerra

Projeto da Secretaria de Saúde mantém ação contra Covid-19 e amplia assistência principalmente aos idosos

gazetaadm

Publicado

em

Foto: Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde de Felipe Guerra lançou o Projeto Cuidar, através do Programa Integrado de Atenção Domiciliar ao Idoso Felipense(Piaif). O trabalho que amplia a assistência à população, principalmente aos idosos e reforça a ação de enfrentamento ao Covid-19, tem o engajamento de 11 acadêmicos de medicina que, de forma voluntária, contribuem com essa atenção à saúde domiciliar.

Coordenado por um geriatra e dirigido pela secretária de saúde Girlene Ferreira, o Projeto Cuidar tem feito a diferença no município, tanto no reforço da prevenção a disseminação do novo coronavirus, quanto em relação a assistência geral, tendo como principal foco o idoso.

A secretária Girlene Ferreira explicou que no momento o projeto se desenvolve na zona rural, devido a grande quantidade de comunidades rurais e as dificuldades naturais de deslocamento desses idosos para receberam assistência na cidade, principalmente nesse momento de pandemia quando há a necessidade dessas pessoas permanecerem em suas residências.

Secretaria de Saúde Girlene Ferreira atua na linha de frente

“A gente tem desenvolvido um trabalho constante com essa atenção especial à zona rural”, disse ela, acrescentando que com a ajuda dos acadêmicos de medicina, são feitas completas avaliações clínicas, verificando o estado de saúde dos pacientes, enquanto são tomadas as devidas providencias. Ela afirmou que logo as ações do projeto serão estendidas à área urbana.

O prefeito Haroldo Ferreira, bastante entusiasmado, tem incentivado o trabalho e agradecido o esforço voluntário dos estudantes de medicina.


Município se destacou no Nordeste em programa nacional de assistência ao idoso


Recentemente o município de Felipe Guerra se destacou no Nordeste entre municípios brasileiros participantes do Mapeamento de Boas Práticas em Ações Voltadas para a Melhoria da Qualidade de Vida da População Idosa, do Departamento de Atenção ao Idoso,do Ministério da Cidadania, com o apoio técnico da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Na adesão à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa (EBAPI) foi inserido o Programa Integrado de Atenção Domiciliar ao Idoso Felipense.

O Programa Integrado de Atenção Domiciliar ao Idoso Felipense, através do Departamento de Atenção ao Idoso(Piaif) figurou com relevância após apresentar experiência ao Ministério da Cidadania, entre as 177 experiências apresentadas.
O Mapeamento de Boas Práticas em Ações voltadas para a melhoria da Qualidade de Vida da Pessoa Idosa foi realizado entre dezembro de 2019 e fevereiro de 2020, e o Programa Integrado de Atenção Domiciliar ao Idoso Felipense(Piaif) se destacou pelo trabalho no atendimento a pessoas idosa no que tange a parte social e patológica, situação de moradia, renda, estrutura familiar, aposentadoria, negligência/violência, mediação de conflitos, segurança social básica, autonomia individual e convivência familiar e comunitária.

Publicidade
Publicidade

Copyright © 2019 Gazeta do Oeste